Eleição de 1989

Luis Nassif está propondo em seu blog, que leitores deixem seus comentários sobre “O que você fez nas eleições de 89”. Hoje fazem exatos 20 anos do primeiro turno da primeira eleição livre para presidente, após a ditadura.

Não resisti e viajei no tempo, nas minhas memórias daquele dia. Principalmente por causa do horário.

Escrevi lá:

“Eu tinha 17 anos, era presidente de um grêmio estudantil secundarista, já estava filiada a um partido político – PT – e iria votar pela primeira vez. Nesse dia, a essa hora em que escrevo (07h27) eu já estava na rua, pronta para a boca-de-urna, que era permitida.lula89

Fui com toda a minha esperança de reverter, aqui no interior do Rio Grande do Sul, Pelotas, a imensa maioria da preferência do eleitorado por Brizola.

No final do dia, as pesquisas de boca-de-urna, pouco confiáveis, não atestaram a passada de Lula para o segundo turno. E fomos nos preparar para a fiscalização do escrutínio, algo que também não existe mais.

Dias depois, acho que no sábado seguinte ao dia 15 de novembro, saiu finalmente o resultado. Comemoramos timidamente, para não melindrar os brizolistas, pois precisaríamos desse apoio. Lembro da sensação de felicidade coletiva… Comemoramos com uma passeata, claro.

ERA TUDO ESPERANÇA!”


Que saudade desse sentimento de esperança no futuro!

Anúncios

Sobre Niara de Oliveira

ardida como pimenta com limão! marginal, chaaaaaaata, comunista, libertária, biscate feminista, amante do cinema, "meio intelectual meio de esquerda", xavante, mãe do Calvin, gaúcha de Satolep, avulsa no mundo. Ver todos os artigos de Niara de Oliveira

7 respostas para “Eleição de 1989

  • Niara de Oliveira

    À minha amiga Fernanda, com quem dividi essa esperança e esses dias mágicos que ficaram lá no passado, e que de vez em quando a lembrança vem nos visitar…

  • Fernanda Ávila

    Este teu blog ainda me mata do coração…eu ainda posso sentir a certeza da vida mudando,embora tenha aprendido aos solavancos que não seria “como em Petrogrado aquele dia”,com festa na rua e apoio dos iguais. E te confesso, senti muita raiva quando eras tu a me dizer que não gritasse de felicidade porque precisaríamos dos brizolistas no 2º turno. Só eu sei quanta tristeza e infelicidade foi ter por muito perto o Zé Vicente ( Brizola),quando o sonho petista começou a deteriorar.Mas também sei a felicidade de ainda partilhar as pequenas esperanças contigo. A vida muda! Lentamente,mas move-se!20 anos, e eu ainda sou jovem. Quero mais,muito mais!Mesmo que nunca ganhe uma votação,rsrsrsrs.

  • Eli Golande

    Parabéns pelo blog >>> serei seguidor >>> sou um entusiasta da “blogosfera” e o que li em ‘pimenta com limão’ ratifica que o mundo virtual nos protege justamente pra expormos a nossa mais pura realidade >>> Lembranças [como se diz]!!! a vc e à Fernanda!

  • Lizany

    Neste final de dia estava com uma amiga, tomando umas para aliviar as mágoas, quando ela disse: “Acabaram com os últimos melhores anos da minha vida.” Claro que ainda estamos na luta, o que ela qria dizer era que dali a 4 anos já seríamos”QUARENTONAS”!

  • Nelson

    Niara,
    Você não haveria de ver seu candidato presidente mesmo, mas se tivesse votado no Brizola com certeza não estaria com esse sabor amargo de traição na boca…

    A propósito, ocê leu este comentário de uma Elaine, no Nassif ?
    (Só achei uma reprodução)
    http://simples-escritos.blogspot.com/

  • Niara de Oliveira

    Nelson, estou lendo esse comentário agora. Os comentários no Nassif são muitos, e alguns muito longos… Nem sempre consigo acompanhar. Ainda mais com o twitter. Quando indicam, fica mais fácil. Valeu a dica.
    Quanto ao voto, na época estava certa. Do PT já me desfiliei tem dez anos e não voto mais no Lula. Não me sinto traída.

  • José CS Vidal

    Pelo menos um ano antes, eu percebi que o dia do primeiro turno dessa eleição cairia exatamente no dia do centenário do golpe militar de Benjamin Constant que implantou a “República” brasileira.
    Mesmo como maragato convicto, que não admira em nada essa república tosca e autoritária, resolvi rememorar civicamente e me apresentei como voluntário para mesário e também para escrutinador.
    A despeito de uma eventual proibição sobre divulgação de pesquisas, ainda na véspera os jornais apresentavam Brizola como favorito em quase todo o país.
    No dia da votação, acordei cedo e peguei o jornal: na capa, pela primeira vez, era anunciado Mello como favorito e Lula como segundo lugar, numa evidente preparação da opinião pública. Brizola era anunciado como terceiro colocado nas “pesquisas”.
    Fui “secretário de mesa apuradora de votos” no dia 15 e por mais 5 dias atuei como “escrutinador”.
    Durante todo o período de votação, não vi eleitor algum admitindo que votaria em Mello. Muitos falavam do Brizola, alguns falavam de Ulysses, Covas e mesmo Afif. Por piada, o pipoqueiro repetia aos gritos pra quem passava: “Eu votei no Meu-nome-é-Eneas”. O fiscal do PT compareceu no início da voltação e só voltou quando faltavam poucos minutos para encerrar, perguntando “onde eu assino?”
    Nos dias seguintes, compareci na AABB para os escrutínios e assisti/participei de um circo. Fiscais admitiram, sem maior pudor, que arrumavam os resultados entre si e com os “totalizadores”. Isso aconteceu em mais de um município, conforme os fiscais com quem conversei.
    Dias depois, declarei a uma militante decepcionada: “Quando eu estiver muito velho, e os jornalistas me acharem (um sociólogo que quando jovem participou na eleição histórica), eu direi aos entrevistadores que em 89 assisti a uma fraude fragorosa”.
    Ela me respondeu: “Vão achar que tu és um velho gagá”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: