Dias de mudança

.
Minha experiência com a maternidade é complexa e contraditória. Já relatei algumas das dificuldades sem carregar muito nas tintas e poupando a todos dos detalhes sórdidos. Mas é fato que todos que me conheceram como mãe se surpreendem/surpreenderam porque nunca tive mesmo nenhuma vocação para a maternidade e fui muito além do que podia e sabia.
Calvin completou quinze anos em maio e eu decidi que era o momento de dar continuidade a minha vida, meio que interrompida desde que foi diagnosticada a síndrome dele há treze anos atrás. Agora vou cuidar de mim e dos sonhos que ficaram sufocados mofando dentro de mim durante esse tempo.
Essa decisão e a saudade já são dolorosas o suficiente, mas sei que as pedras virão. Podem atirar, estou preparada para elas e para  viver o resto da minha vida como sempre achei que devia.

Sem mais explicações ou satisfações.

Anúncios

Sobre Niara de Oliveira

ardida como pimenta com limão! marginal, chaaaaaaata, comunista, libertária, biscate feminista, amante do cinema, "meio intelectual meio de esquerda", xavante, mãe do Calvin, gaúcha de Satolep, avulsa no mundo. Ver todos os artigos de Niara de Oliveira

4 respostas para “Dias de mudança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: