Nunca leram um livro inteiro pra mim… #MiMiMiMi

.
Dia 29 — Um livro que alguém leu pra você

.

Não lembro de alguém lendo um livro para mim, pelo menos não inteiro. Mas na minha infância o meu avô paterno, Francisco, lia trechos da bíblia para mim (pelo visto não adiantou muito) e lembro de gostar. Acho que esse foi o meu primeiro contato com o realismo fantástico, porque tem algumas histórias, “vamu combiná”, que não críveis. A Renata escreveu um post divertidíssimo a respeito.

Lembro da minha adolescência da minha querida amiga Fernanda lendo trechos de qualquer livro que estivesse lendo para mim ou das matérias de revista que curtia. A Fernanda tem um dom inexplicável de traçar paralelos com realidades cotidianas e isso acontece no sentido inverso também. De repente ela está vendo uma cena babaca de novela e diz que ali está presente o conceito x do pensandor y, desenvolve um pouco mais e não há como discordar. É um privilégio conviver com a Fernanda, verdadeiro aprendizado.

Já no comecinho da faculdade tive um colega, na verdade um amor recolhido, que gostava de ler trechos do Ferreira Gullar para mim enquanto eu lia Lobo da Costa para ele.

Confesso que gostaria demais de ter um livro que pudesse citar nesse item, mas só tenho mais algumas lembranças para dividir. #MiMiMiMi

.

No desafio 30 livros em um mês a Renata do As Agruras e as Delícias de Ser, a Marília do Mulher Alternativa, a Grazi do Opiniões e Livros, a Mayara do Mayroses, a Cláudia do Nem Tão Óbvio Assim, a Juliana do Fina Flor, a Renata do Chopinho Feminino, a Júlia do Uma Noite Catherine Suspirou Borboletas e o Eduardo do Crônicas de Escola. E tem mais a Fabiana que posta em notas no seu perfil no Facebook.

A Luciana do Eu Sou a Graúna, a Tina do Pergunte ao Pixel, a Rita do Estrada Anil e o Pádua Fernandes de O Palco e o Mundo já terminaram o desafio.

.

Anúncios

Sobre Niara de Oliveira

ardida como pimenta com limão! marginal, chaaaaaaata, comunista, libertária, biscate feminista, amante do cinema, "meio intelectual meio de esquerda", xavante, mãe do Calvin, gaúcha de Satolep, avulsa no mundo. Ver todos os artigos de Niara de Oliveira

3 respostas para “Nunca leram um livro inteiro pra mim… #MiMiMiMi

  • Renata Lins

    Eu adoro ler em voz alta. Li muito pro Felipe, menos pro João: Felipe aguentava e adorava. Contei num post lá atrás que Os 12 Trabalhos, v.Lobato, li pelo menos umas três vezes pra ele… o João tinha pouca paciência, logo queria fazer outra coisa. Demorou pra pegar gosto em livro, gostava bem mais de teatro: aí sim ficava paradinho, vidrado, encantado. Meu avô tinha esse hábito e meu pai também: ler poesia em voz alta. João Cabral, por exemplo, sempre me evoca meu pai na cadeira de balanço, o spot de luz em cima, ele se deliciando com as palavras. E, prometo: leio pra você! =o) Ao vivo, quando rolar…

  • Luciana

    Eu tenho uma Fernanda, ela se chama Patrícia. E tinha um paquera que recitava poesias pelo celular , conta?

  • Niara de Oliveira

    Claro que conta, Lu. Imagina, que chique isso, poesia pelo celular. Vale sentir inveja?
    Vou te cobrar isso, Renata. E amei a tua disponibilidade em satisfazer meu desejo (e a paciência com o mimimi).
    Beijo n’ocêis, suas lindas!
    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: