Bolo de banana com banana

Separe as gemas das claras de quatro ovos. Reserve as claras. Numa tijela coloque as quatro gemas, três xícaras de açúcar e duas colheres de sopa bem cheias – generosas mesmo – de margarina (tanto faz ter sal ou não, a que tiveres em casa). Bate muito (muito mesmo) até ficar um creme homogêneo e esbranquiçado (na batedeira ou na mão). Acrescenta três xícaras de farinha de trigo.
Bata no liquidificador de quatro a seis bananas prata com pouco leite – tem que ficar um creme grosso. Vá incorporando na massa junto com a farinha. Verifique se a massa está consistente. Se estiver muito mole, acrescente mais um pouco de farinha e açúcar, na mesma proporção. Bata as claras em neve – na batedeira ou com um garfo. Incorpore as claras em neve à massa devagar, em movimentos circulares e permitindo a inclusão de ar. Acrescente duas colheres de sopa rasas de fermento químico e misture devagar, sem bater.
Jogue a massa numa forma redonda (sem furo no meio) untada com margarina e farinha e ajeite a massa para preencher a forma por igual. Vá cortando bananas em tiras e cobrindo a massa. Quando estiver toda coberta, polvilhe com bastante açúcar e canela em pó. Leve ao forno pré-aquecido (250º) por mais ou menos 60 minutos. Dica: Não abra o forno para espiar antes de completar 40 minutos de cozimento. Se tiver dúvida se está assado ou não, enfie um palito e teste nos dedos se a umidade é a natural do bolo ou se ainda há massa crua. Fica mais fácil desenformar se a forma tiver fundo falso.

Foto: Thiago Beleza

Opções: Se preferir substitua a farinha de trigo normal pela farinha integral fina ou farinha de trigo orgânica. Pode substituir o açúcar refinado da massa por açúcar orgânico e o açúcar com canela da cobertura por açúcar mascavo.

*************************************

Minha coluna de culinária

A partir de hoje, esta é a coluna de culinária do Pimenta com Limão. Um espaço para compartilhar as minhas receitas e o meu modo de fazer receitas tradicionais. Para quem tem curiosidade sobre o que os comunistas comem, acompanhem. Garanto que vamos muito além das criancinhas. Rá!!!  😉

Anúncios

Sobre Niara de Oliveira

ardida como pimenta com limão! marginal, chaaaaaaata, comunista, libertária, biscate feminista, amante do cinema, "meio intelectual meio de esquerda", xavante, mãe do Calvin, gaúcha de Satolep, avulsa no mundo. Ver todos os artigos de Niara de Oliveira

5 respostas para “Bolo de banana com banana

  • Borboletas nos Olhos

    Adoro bolo de banana e gostei muito desta receita. Vamos ver se a boa e clara descrição que você faz supera minha completa falta de habilidade para bolos…Como disse no twitter: genial a chamada para esta coluna.

  • Adriana Torres

    Vou testar. Não sou boa pra fazer doces e bolos, minha competencia culinária está mais para pratos salgados mesmo… =)

  • Thiago Beleza

    Só pra constar.. EU COMI… RÁ!!!!!
    Delícia de bolo…

  • Rejane

    Poxa, não sabia que comunistas também comiam bolo de banana. Se isto tivesse sido propagado há mais tempo, quem sabe os comunistas teriam sofrido menos preconceitos. És a minha comunista favorita. Beijos e vou tentar a receita, tanto a do bolo, quanto a de ser comunista. Venho tentando ser desde pequenininha, mas uma comunista muito cor-de-rosa. Pretendo virar vermelha definitivamente com os seus ensinamentos(hehe)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: