Policial da repressão faz apologia da tortura em Zero Hora

policial Omar Fernandez (foto ZH)

recorte ZH, pág. 40, 04/02/2010

Cristóvão Feil
Diário Gauche
.
Isto é crime!
As convicções do policial Omar Fernandez são perigosas porque antissociais, anti-republicanas, antidemocráticas e atentam contra os direitos humanos.
Ele está apregoando a prática da tortura como método eficaz (e legal) de condução das coisas do Estado.
A apologia da tortura é crime: Omar Fernandez defende, justifica e elogia a prática da tortura, como agente público que é, e foi durante um período de ditadura no Brasil. Não compete a ele fazer este juízo. Isto é ilegal. Como funcionário público ele deveria saber (e cumprir) os limites de sua competência profissional e legal.
Omar Fernandez está cometendo crime. A prova está no jornal Zero Hora de 04/02, página 40 (acima, foto de Ricardo Chaves/ZH).
Com a palavra o Ministério Público.
..
(fonte)
Anúncios

Sobre Niara de Oliveira

ardida como pimenta com limão! marginal, chaaaaaaata, comunista, libertária, biscate feminista, amante do cinema, "meio intelectual meio de esquerda", xavante, mãe do Calvin, gaúcha de Satolep, avulsa no mundo. Ver todos os artigos de Niara de Oliveira

Uma resposta para “Policial da repressão faz apologia da tortura em Zero Hora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: