Música para o Twitter coloca até 5 minutos de som em 140 caracteres

Site Inovação Tecnológica

Composições minimalistas
A princípio você pode pensar que há algum mal contato gerando ruído nas caixas de som do seu computador. Mas é só esperar um pouco e as coisas parecem começar a fazer algum sentido musical. E algumas das músicas são de fato interessantes.
Estas são as primeiras sensações ao se ouvir o primeiro álbum de músicas criado exclusivamente para o Twitter, um novo tipo de composição minimalista que usa os caracteres do teclado para dizer ao computador quais sons devem ser produzidos.

Não se trata de passar endereços de bandas ou arquivos MP3 pelo Twitter, mas de fazer composições reais dentro dos 140 caracteres

Criatividade e tecnologia
Se as composições serão catalogadas como New Age, como música eletrônica, ou simplesmente exigirão uma nova categoria, é coisa que somente os aficionados poderão dizer.
Mas, se os 140 caracteres permitidos pelo Twitter são suficientes apenas para elaborar uma sentença minimamente articulada, colocar uma música inteira neles demonstra bem o potencial existente quando criatividade e tecnologia se juntam.
E Dan Stowell, um compositor e cientista da computação na Universidade Queen Mary, na Inglaterra, demonstrou que é possível inserir até cinco minutos de música nos 140 caracteres do Twitter.
SuperCollider
Stowell criou uma linguagem de programação, chamada SuperCollider, que cria sons no computador a partir de instruções simples, escritas com os caracteres normais do teclado.
Daí para o Twitter foi um passo, e os amigos do compositor-programador logo começaram a devolver mensagens contendo suas próprias instruções em SuperCollider – o que vale dizer, suas próprias composições musicais “textualizadas.”
“Alguns dos tweets tinham músicas tão boas que eu não podia simplesmente deixar que se perdessem. Então eu selecionei as melhores e as disponibilizei em um álbum, chamado sc140, que todos podem baixar gratuitamente,” conta Stowell.
Veja como se pareceria uma partitura do Hino à Alegria se Beethoven usasse o Twitter: {b=”GGHJJHGECCEG”.ascii.stutter;f=Duty.kr(0.15,0,Dseq([b,71!3,69!5,b,69!3,67!5,0].
flat.midicps))*[1,2];LFCub.ar(f)/9}.play
Música pelo Twitter
Embora a criação musical seja uma ocupação tradicionalmente solitária, a composição de músicas para o Twitter poderá permitir a criação de redes de colaboração também nesse campo, trazendo os músicos para a interação das redes sociais.
Ou, pelo menos, trazer-lhes inspiração e permitir que divulguem rapidamente seus trabalhos.
“Os músicos frequentemente curtem o desafio de trabalhar com fatores limitantes, [o que permitirá] novas formas de fazer música e de se comunicar artisticamente,” diz o pesquisador.
O primeiro álbum para o Twitter, chamado sc140, pode ser ouvido online ou baixado gratuitamente neste endereço.
.
Anúncios

Sobre Niara de Oliveira

ardida como pimenta com limão! marginal, chaaaaaaata, comunista, libertária, biscate feminista, amante do cinema, "meio intelectual meio de esquerda", xavante, mãe do Calvin, gaúcha de Satolep, avulsa no mundo. Ver todos os artigos de Niara de Oliveira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: