Uma alegria qualquer

Cadê o gênio da lâmpada quando tenho um desejo carecendo ser realizado com urgência urgentíssima? Não é novidade a tristeza que me assola nos últimos dias, semanas, meses… Desgarrada, órfã de filho, sem grana, sem trabalho, sem casa, sem amor, doente da cabeça e do pé, sem samba, sem carnaval, sozinha e tomada por um leve desespero.

Já passei por coisas piores, é fato. Já estive no inferno e não é o caso agora. Mas tem como dizer para a tristeza quando está doendo que ela é menor e simplesmente desprezá-la? Se alguém souber me diga como.

Tento ocupar a mente… Ler, escrever, navegar na web. Talvez dormir pelo menos metade do dia ajudasse o tempo a passar mais depressa, mas a insônia vem junto no pacote, tipo combo. E sempre me pergunto: Por quê da pressa com o tempo? Não há nenhuma garantia de que dias melhores virão.

O desejo urgente? Uma alegria qualquer. Qualquer uma. Farra gastronômica, encher a cara com uma amiga enquanto desabafo, celular tocando com um prefixo conhecido, chimarrão numa praça do sul, andar descalça na rua com o vento no rosto, um imeiu inesperado com uma notícia boa, a voz do Calvin…

Uma alegria qualquer, só para variar um pouco e mudar o sentido do arco da boca e aliviar a dor, da alma e da musculatura da face.

É urgente! Nem eu aturo mais tanta chatice. :(

About these ads

Sobre Niara de Oliveira

Ardida como pimenta com limão! Jornalista marginal, chaaaaaaata, comunista, libertária, biscate feminista, amante do cinema, "meio intelectual meio de esquerda", xavante, mãe do Calvin, gaúcha de Satolep, avulsa no mundo. Ver todos os artigos de Niara de Oliveira

18 responses to “Uma alegria qualquer

  • Renata Lins

    Um texto bonito que deixa a vontade de fazer alguma coisa, mas o que, tando longe? Vai um beijo por aqui e a torcida grande pra que a roda, que gira mesmo quando a gente não percebe, gire a teu favor…

  • Niara de Oliveira

    Valeu, Renata. Essa roda há de girar. Beijo!

  • suzana

    Sei do que falas..olhar e não ver a luz no fim do tunel.. mas ela virá, sem a menor dúvida, ela aparecerá. Beijo

  • Niara de Oliveira

    Tomara que estejas certa, Suzana. Beijo!

  • Silvia Sales

    Olha, Niara, você meteu o dedo na ferida de muitas de nós; a maioria, talvez. Nós, biscates, estamos sempre batendo de frente com o que eu prefiro chamar de desafios. Por vezes dá uma puta canseira, vontade de nem sair, ficar só no embalo da rede, ou curtir uma viola em beira de rio. De quando em vez faço isso.
    Ó o que Paulo André e Rui Barata, poetas paraoaras, escreveram: “O tempo tem tempo de tempo ser. O tempo tem tempo de tempo dar. Ao tempo da noite que vai correr, o tempo do dia que vai chegar”. Trecho da música Pauapixuna, também gravada pela Fafá de Belém e outros músicos paraenses. Uma puezia, como diria Mestre Galdino.
    Pohan, já enchi teu pote. Deixa eu seguir achando “nunca” e “sempre” períodos muito longos para a condição humana.
    Dá cá um abraço apertado, menina do coração valente!

    Sílvia
    .

  • Ramiro Catelan

    Gosto das tuas postagens, das coisas que tu diz, do jeito que tu te posiciona perante a realidade. Todos temos momentos de fragilidade. Jamais confunda com fraqueza. Te desejo muitas alegrias e prazeres, e força pra superar as adversidades que a vida traz, se fazendo feliz. Abraço, Ramiro Catelan

  • ftiagocosta

    Baby, compartilho de alguns sentimentos de tristeza e de leve desespero seu e me “solidarizo” com todas suas dores! Realmente não está sendo fácil. Eu mesmo estou com uma dissertação super atrasada, bolsa acabando, desempregado e a “bomba” é voltar para casa da minha mãe. Vê todas as minhas coisas que comprei ao longo dessa vida serem vendidas, espalhadas e guardadas nas casas de outras pessoas. Tbm não sei se dias melhores virão, pq acho que algumas coisas são muito “conjunturais” e não por responsabilidade nossa, mas acreditar que podem melhorar pode ser o nosso único alento! Fico na torcida por nós! Um grande abraço bem apertado!

  • Fernando Amaral

    Ei… Niara… tó uma rosa pro cê, pra modo de arrancar um sorrisão: http://www.youtube.com/watch?v=EyoYAY_zd-o É que a gente gosta é de rosa, vermelha.

  • Niara de Oliveira

    Então, acho que em breve poderás me dar esse abraço pessoalmente e afogaremos as mágoas na cerveja. Ok? Beijo, e obrigada pela força.

  • Niara de Oliveira

    /o\ hahahahahahahahahaha
    Valeu, queridão. Eu ri aqui… Beijo!

  • @GuilhermeJrg

    Aí leio seu texto, e tem algo faltando, rolo a barra e esbarro nos outros, quase dá pra sentir o peso… mas não dá, pq esse peso é seu, e só pesa em você. Mesmo que vc, ou eu, ou qq um q leia, encontre pontos ou causas culturais comuns, esse peso é seu.
    Alguém disse que a dor dos outros pode nos ensinar, mas só fortalece a quem a sente na carne… Acho que é isso.
    E ainda tá faltando algo, e esse algo é a inflexão, que sempre vem, e vem várias vezes, e pelo que vc escreve já veio tantas vezes… Só temos que nos manter em movimento. mas nem sempre é dia de se mover. Então, dê-se ao tempo, que daqui a pouco já é dia de se mover de novo…

    Ah, era pra fazer sentido?

  • Niara de Oliveira

    Não precisava fazer sentido, Guilherme, mas fez. O bom de desabafar escrevendo ao mundo, assim, é que parece que faz girar a roda da vida. Dei-me ao tempo e ele já tá vindo. Beijo!

  • @GuilhermeJrg

    É que tô testando uns trechos do livro de auto-ajuda q eu tô escrevendo: “Por uma vida semovente”.

  • Jose Americo

    O texto e maravilhoso. Sensível, antes de tudo. Vale a pena então se preocupar com o seu rosto

  • Niara de Oliveira

    Obrigada pela visita e comentário, Américo. Vou cuidar mais de mim. ;-)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 81 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: